sexta-feira, novembro 02, 2007

Saudades...

Ás vezes acordo e sinto saudades...
Saudades, do passado, do que já passou...
Saudades dos amigos que hoje não passm de conhecidos, dos irmãos que hoje tornaram-se inimigos...
Sinto saudades da paixão, do sentimento desenfreado que faria fazer qualquer coisa...
Sinto saudades dos sorrisos, abraços e beijos...
Saudades da inocência, pureza, liberdade...
Sinto saudade de ouvir musica alta, de comer muitas guloseimas, de brincar e rir até chorar...
Ah!! Como sinto saudade...
Sinto saudades das coisas que nunca fiz, mas sempre desejei fazer...
Eu sinto saudades...
E ás vezes ela me consome, me enristece, me sufoca, como se tudo aquilo que faço não tem valor diante das coisas que se foram...
Há um futuro, um plano feito pra mim, um sonho do qual faço parte...
Mas muitas vezes esqueço disso e deixo minhas raízes no passado...
Como se eu pudesse viver lá, viver tudo de novo... tudo de novo...
Novo?
No passado não existe esperança... só hoje! Só Hoje!!

"Jamais digas: Por que foram os dias passados melhores do que estes? Por que nunca com sabedoria isto perguntarias" (Eclesiastes 7:10)

Saparada é... diz você!

Ocorreu um erro neste gadget